quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Cores, Flores e Perfumes

29 de Outubro de 2009
Quinta - Feira - Today is the day
Escutando : Tracy Chapman - Cold Feet





Hoje acordei, olhei para o relogio tocando desesperadamente, tentando me avisar que eu tinha que responder pelas minhas responsabilidades, outra vez.
Levantei o corpo, e me deitei denovo. E fechei os olhos novamente e disse mentalmente :


Hoje, vou ver as coisas diferentes. Vou me arrumar diferente, vou me ser diferente, vou estampar um sorriso novo em meu rosto, caminhar como se não houve-se ninguém a minha volta, vou andar por mim, vou deixar a luz do dia me envolver, ser feliz.


Levantei, me troquei diferente, de cores diferente. Me passei um perfume diferente, arrumei meu cabelo de um jeito que eu não suporto e parece birra. Todo mundo gosta. Sai de casa, vi minha mãe olhando para mim sentada na cadeira segurando o jornal, talvez tivesse pensando em algo muito grande, importante. A olhei, dei um sorriso e lhe disse "Tchau Mãe", abri o portão e sai. Peguei o celular coloquei uma musica que foi aconselhada por minha atual companheira de momento e pensamentos. Quando dei play vi uma musica com um nome atipico Cold Feet. Nunca tinha escutado, mas ouvi bem falar dela. E comecei a andar e aprestar a atenção na musica. Foi comico.


Primeiro achei que não estava mais na minha vilinha indo para o centro trabalhar. Me senti a andar por um lugar desconhecido, cheio de cores, que pareciam nunca ter visto, acho que eu nunca reparei nelas. Comecei a ver, sentir cada passo, olhar portões brancos e pensar em varias promessas de amor, feitas, realizadas, vi casamentos, fiquei feliz por imaginar isso, verem pessoas felizes. Eu fico mais feliz por fazer pessoas felizes. Raramente acontece o inverso, mais não espero que alguém me faça feliz, então aprendi a semear o jardim com felicidade e esperar um dia colher o mesmo. Se eu não conseguir colher, eu fico feliz por ter tentando.


Peguei o ônibus, foi gostoso a cena. Ficar sentado vendo o dia lá fora começando e saber que as coisas recomeçam o ciclo. As pessoas voltando a seu serviço, começando o dia. Acho que eu nunca tinha sentido isso, ficava sempre focado, bitolado e concentrado ( todo é a mesma coisa xD ) no que eu teria que fazer no meu dia e só pensava QUANDO eu ia voltar pra casa. Hoje foi diferente, senti respirei cada minuto. Fiz de cada musica um fundo sonoro para minha pequena viagem.


Desci segui ao meu serviço dia, comecei a perceber que as pessoas me notavam. Olhavam de um jeito diferente. Acho que tentando entender meu sorriso, como se tivesse ganhado uma grande quantia de dinheiro, presente e outras coisas. Sai do terminal, comecei a olhar as pessoas e vi uma mulher. Abraçada com um vaso maravilhoso jeito de rosas, tão vermelhas que chegavam a impressionar, qualquer um. Imaginei o quando aquela pessoa a amava, e quanto se importava, quando imaginava que ela faria para continuar perto dela.
Eu não quiz pensar que ela poderia ser uma dona de Floricultura, ou ganhou ou apenas está levando para uma pessoa a pedido de outra. Preferi um final feliz, e constante.


Hoje foi o dia que entendi talvez o motivo da vida, ser feliz enquanto temos tempo, viva diferente. Todos os dias. Não tenha medo, medo é apenas a vontade rependida. Seja feliz. Como um pessoa me disse um dia


"Viva cada dia como se fosse um pedaço, saborei cada pedaço. Não queira todo, espere, saborei todo. Para quando não tiver mais o que degustar. Você possa varias maravilhosas mémorias de cada pedaço da sua vida. E saber que ela valeu a pena"


Ame todo, sonhe alto, respeite cada pessoa como um ser único e feliz. É o que todos nós precisamos de amor, carinho e atenção. Porque o resto, agente consegue seguir em frente e alcançar.


Tenha um bom dia a todos !

3 comentários:

Atual companheira de momento e pensamentos disse...

De algum modo esse texto nos faz acreditar que o mundo é uma caixinha cheia de coisas felizes e contagiantes. Ver a vida dessa maneira não deixa de ser bom, mas será que essa num é uma promessa de um sonho que a realizade a desfaz (como uma grande filosofa me disse esses dias)? A conclusão que passa é como gostaríamos que a vida fosse e não como ela realmente é. São os momentos - bons ou ruins - que marcam presença e fazem ter importância. É dificil acordarmos em uma linda manhã e simplesmente vermos o mundo de outro jeito! Bem que gostaria que fosse assim. :)

Comentador Fiel disse...

mas se você fizer isso todos os dias, um dia você vai ter que voltar a velha vida pra fugir da rotina.

MAs a idéia é boa

Essencial Useless Feeling disse...

Apenas o propósito de não viver todos os dias iguais. Se você pode imaginar, quer dizer que você pode criar. Cada um sabe o sabor de cada dia, fantasiar um pouco, faz bem renova. Só mais um mecanismo para fugir da realidade!